Acreditas em ti?



Olá amigos!

Muitas vezes, quando as famílias vão ao Autism Treatment Center of America com os seus filhos que têm autismo, ou quando recebem em casa um outreach com um dos nossos Facilitadores profissionais, muitas vezes referem o nível de energia, entusiasmo e empolgamento que temos, e perguntam-nos como é que conseguimos mantê-los ao longo de um dia inteiro.

Bem, aqui fica o meu segredo.... RED BULL!!! Não, estou a brincar... Para mim, acredito que tem tudo a ver com a nossa atitude. Durante a minha formação para me tornar num Son-Rise Program Child Facilitator, aprendi que era importante não só examinar as minhas crenças sobre as crianças com quem trabalho (que é possível que elas recuperem do autismo, que elas estão sempre a fazer o melhor que podem, etc.) mas que é igualmente importante examinar as crenças que sustenho sobre mim mesmo. Tornamo-nos naquilo em que acreditamos, por isso é tão enormemente útil que nos equipemos com um conjunto de crenças que nos torne os terapeutas mais dinâmicos no playroom que nos for possível!

Aqui ficam as minhas crenças principais para um playroom eficaz:
  1. Eu sou irresistível. Eu sei que sou tão divertido e amoroso que criança nenhuma consegue resistir a brincar comigo!
  2. Eu posso realmente ajudar esta criança. Eu sou suficientemente poderoso para inspirar qualquer criança a emergir do seu autismo. 
  3. Não há nada que esta criança faça que eu não possa amar. Chorar, morder, arranhar, meter as mãos na fralda... Tudo é bom!
  4. No limite, como forma de amar esta criança, eu posso estar completamente presente com ela. Este momento, ainda que nunca chegue a mudar, é completamente perfeito.
  5. Eu faço o melhor que posso. Se uma criança escolhe não interagir comigo, isso não diz nada sobre mim.
  6. O amor não requer nada diferente, e contudo muda tudo. É a coisa mais poderosa que alguma vez poderei fazer.

Encorajo-vos tanto a pensarem nestas crenças e a encontrarem formas de as adotarem para vós mesmos. Não só darão a vós próprios a mais maravilhosa experiência em playroom, mas tenho visto vezes sem conta como as crianças respondem quando começamos por nos mudarmos a nós próprios!

Vão em frente e riam-se, meus amigos!

Com amor
Jack
Facilitador Certificado do Son-Rise Program®
Autism Treatment Center of America | http://www.autismtreatmentcenter.org/

Etiquetas: ,