Os nossos filhos não precisam das nossas preocupações

Muitos de nós gastam imenso tempo e energia mental a preocupar-nos com as nossas crianças com ‪#‎autismo. Por todas as mensagens que recebemos sobre o condenado ou difícil futuro das nossas crianças, creio que ninguém nos culpa por esta preocupação.
No ‪#‎SonRiseProgram centramo-nos bastante nas emoções e nas atitudes dos pais, porque são algo verdadeiramente especial e de valor para o tratamento das suas crianças. E porque, continuamente, percebemos que quando os pais mudam e crescem, os seus filhos também mudam e crescem.
Uma das coisas que os pais, com quem trabalhei, me disseram é que se preocupam tanto porque isso os mantém alertas e motivados para fazer tudo ao seu alcance para evitar um futuro que não querem para as suas crianças especiais. No entanto, na prática, a preocupação distrai-nos de ajudar as nossas crianças no aqui e agora. E não nos torna nada apelativos para as crianças que estamos a tentar seduzir para o nosso mundo.
Se há coisa (entre várias!) que aprendi com os pais com quem trabalhei, é que:
Se quer cuidar do futuro da sua criança, cuide do presente da sua criança. (Isso exige ESTAR presente.)
‪#‎dontworrybeflappy


Raun K. Kaufman 

Etiquetas: , , , ,