Não interessa quem diz "NÃO". Vocês podem dizer “SIM”.

À esperança... sim. A possibilidades ainda não descobertas… sim. A desafiar os especialistas… sim, sim claro. A querer mais do que é considerado razoável… sim, completamente. A imaginar a nossa criança com autismo a socializar, a abraçar, a conversar, a ir para a escola, a tornar-se um astronauta… sim, está no seu direito! Cada nova possibilidade começa com uma pessoa que se atreve a sonhar. Cada nova possibilidade começa com a ação de uma pessoa para concretizar esse sonho.
Quando eu e Samahria criámos o primeiro Son-Rise Program para o nosso filho, os pessimistas ridicularizaram o nosso otimismo e entusiasmo, a nossa determinação, e o programa centrado na criança, focado no relacionamento. Esses estavam sempre a dizer “Não”, “Não”. E nós… nós dizíamos sim. E aquele menino recuperou totalmente, sem apresentar traços do autismo original. E, agora, milhares de crianças embarcaram nesta viagem, e a muitos conseguiram já a sua recuperação. Será que alguém consegue garantir um resultado específico? Claro que não. Mas nunca devemos desistir de alcançar as estrelas com as nossas crianças… nunca! E fazê-lo com amor e respeito torna tudo mais inspirador, não importa o resultado.
Quando eu e a Samahria conhecemos os pais de uma criança com autismo, sorrimos e dizemos “Parabéns, foram abençoados por Deus e pelo Universo.” E SIM acreditamos mesmo nisso.
Bears Barry Neil Kaufman, Autor & Co-Criador do The Son-Rise Program/Autism Treatment Center of America com a minha esposa Samahria 

Etiquetas: , , , ,